2.3.09

Saramago - Carpinteiro

..



Em 1976, o Zé trabalhava numa empresa cujos armazéns se situavam no local onde mais tarde se realizou a Expo 98, tendo por isso desaparecido.
Em seu redor havia mais armazéns e num deles estava instalada uma carpintaria, tendo sido aí que conheci o João Saramago, homem já bem idoso com experiência de vida bem vivida, mas cuja estrelinha da sorte nunca lhe bateu à porta.
Artífice de primeira, na arte de entalhar. Sempre bem disposto, mesmo quando as adversidades lhe batiam à porta. Nunca soube ao certo o local da sua residência, já que tão depressa dizia que morava numa barraca no Vale de Santo António, como num apartamento com todos os requisitos modernos nas Olaias, com cores berrantes “tipo Taveira” (este Taveira… também saiu um passarão…).
Admito que não falava verdade, inclinando-me mais para a primeira, pois o Saramago tinha sempre um sorriso maroto quando falava no “albergue”.
Certo dia entra-me porta dentro e contou-me que tinha respondido a um anúncio de convívio e tinha tomado a liberdade de dar o número de telefone do meu escritório…
Estava aflito e esperava uma reacção minha pela negativa. Coitado do Saramago, não conhecia o meu coração e do que o Zé seria capaz. Pu-lo à vontade e prontifiquei-me para dar toda a colaboração no arranjinho. Não queria que a sua Filomena soubesse de nada, mas reconhecia que estava a meter-se em entalanço; para que queria ele um encosto se se mijava todo, confessou-me, dando uma valente gargalhada, pois sofria de incontinência.
Talvez ela fosse rica e então queria lá saber da Filomena para alguma coisa; já lhe tinha aturado tantas, que ao menos assim deixava-a livre até ao fim da vida.
Eu delirava com os seus comentários e combinamos que se a senhora do anúncio lhe telefonasse e ele não estivesse, eu atenderia, aldrabava como podia e logo se veria onde paravam as modas.
Selamos o acordo com um aperto de mão e a promessa de um almoço bem regado, num restaurante rasca, junto ao mercado da 24 de Julho, nesta linda cidade de Lisboa.
Três ou quatro dias depois o Saramago estava triste, pesaroso e enfadonho. Segundo ele, a senhora pendurou a carta que ele lhe escreveu, num arame que algumas famílias usam na casa de banho e cujo destino todos sabemos qual é.
Que não, que tenha paciência, porque decerto a senhora deve estar a fazer uma selecção e só depois disso entrará em contacto consigo, alvitrei eu já a matutar na partida que se ia seguir.
Primeiro, entro em contacto com uma colega que trabalhava nos nossos escritórios da Praça da Alegria, precisamente por cima do Maxime. Conto-lhe a história e peço a sua colaboração, para falar com o Saramago. A seguir, digo a este que uma senhora, mulher talvez aí de 55/60 anos, bem vestida com um grande casacão de peles, tinha estado ali no escritório a perguntar por ele, dizendo que falaria amanhã por voltas das 16 horas, pois desejava conhecê-lo.
Naquela ocasião confirmei que na realidade todos nós somos duas vezes crianças e o Saramago estava tão, mas tão contente, que o mijo lhe corria pernas abaixo sem ele dar por isso. E no outro dia, pela hora aprazada, lá recebe um telefonema, cheio de melaço e promessas para se conhecerem pessoalmente.
Perguntei-lhe onde levaria a senhora a almoçar. Respondeu-me: sei lá, tomara eu ter dinheiro para mim. Fiz-lhe ver que ela deveria estar acostumada a frequentar o Tavares Rico e que ele tinha de ir bem arranjado e engravatado para fazer boa figura.
Chegou o dia… Encontro o Saramago à porta da casa da Sorte no Rossio. Diz em casa, à Filomena, que vai a um funeral de um amigo, para justificar a necessidade de vestir o melhor fatinho que tinha; põe gravata preta, metendo às escondidas outra mais garrida dentro do bolso.
Passa pelo escritório para eu confirmar se estava no «´sconforme», muda de gravata e alvitrei que uma flor na lapela era coisa indispensável.
Fiz de seu motorista e fomos à Praça da Alegria, para que a minha colega o conhecesse; regou-o com perfume, no sentido até de disfarçar o cheiro que andava sempre atrás dele fruto da sua incontinência.
Partimo-nos a rir e pretendi acabar ali mesmo com a “cegada”, mas a minha colega lembrou-me que não seria oportuno.
Chovia copiosamente, mas o Saramago estava com pedalada invulgar e em vez de ficar à esquina da porta na Casa da Sorte (casa que vende lotaria), meteu-se dentro duma barraca das obras que a Carris estava a fazer mesmo ali em frente, e diz-me assim:
- Vamos lá ver qual vai ser a minha sorte, ao menos que me saia a aproximação.
Coitado do Saramago! Bem podia esperar sentado. Lá se foi a ilusão de mudar de vida e a Filomena teve de o aturar até ao resto dos seus dias.
Não tive coragem para lhe contar que tinha sido uma partida.
.

109 comentários:

Roderick disse...

Bem!!! Tão mauzinhos!!!!

Zé do Cão disse...

Roderick

Achas, achas, se calhar ainda eras ou és pior do que eu?

Um abraço

Capitão Merda disse...

Isso faz-se ao homenzinho, Zé?!

Estou a pensar em pôr-te a ferros...


Abraço

Pascoalita disse...

Saíste-me cá um safadinho!

Bem, pode ser que com o entusiasmo e a fatiota, a coitada da Filomena tenha acabado por ficar com o lucro eheheheh

Saramago disse...

Ha! Bem podia eu esperar!!!
Seu malandro!

Diabinha Cusca disse...

Ai valha-me o santo das patifarias!

Este Zezito inda é mais malandreco do que eu eheheh

Quem vai dar com a língua nos dentes sou eu ... ou não me chame cusca eheheh

Zé do Cão disse...

Capitão

Ao menino e ao borracho Deus põe a mão por baixo.
Mais uma vez me safei. O puto, no outro dia já estava meu amigo. Apresentou-se na escola primária com botas novas, daquelas de ensebar.
Era a fina flor da época.
Um abraço

Zé do Cão disse...

Pascoalita, não apanhei a da Filomena.
Será a da cantiga?
Filomena, onde está o meu
Filomena, onde está o meu
aquele beijo gostoso
que você me prometeu...

Recordas-te? Belos tempos...

Biquinhos

Zé do Cão disse...

Saramago

Não esperas-te sentado, pois não?

Tinhas muitos livros debaixo do braço?
A jangada de Pedra, também? e que pesado, nem sei como podes-te.

Um abraço

Zé do Cão disse...

cusca. Da próxima vez que nos encontrarmos vou de "Porsche de Orelhas".
E dou boleia, vais gostar pela certa.

Biquinhos, minha querida

Pascoalita disse...

ahahahahahahahahah
Zé,

Então ... um Saramago assim, todo aperaltado, perfumado e pronto para uma cena amorosa ...

Depois da decepção, certamente foi pedir consolo à sua Filomena e vai daí ... pimba! Quem ficou a ganhar foi ela, não? eheheheh

Pronto! Isto era eu a fazer um dos meus filmes eheheheheh

Zé do Cão disse...

Pascoalita
Isto é o fim. Só a mim. Não faças caso da minha treta.
Não queres ver tu, que me tinha completamente esquecido que a mulher do Saramago se chamava Filomena.
Isto é que sou um gajo esperto. Maldito senil.


Biquinhos

Maria Flor disse...

Oi Zé!!!!!

saudade de tu!!!!

tem mimo pra tu lá no meu blog...

e eu prometo que volto pra comentar o texto direitinho...

beijocas,

flor.

Diabinha Cusca disse...

Amigo zezito

Podes vir mesmo disfarçado de saramago ... com flor na lapela e tudo :)

Prometo não te regar com perfume barato, mas com uma "pomada tipo "reserva da Quinta do Carmo" ou "reserva EA", pois só mereces o melhor eheheh

dentadinhas

Zé do Cão disse...

Flor.

Obrigado, vou tentar.

beijocas

Zé do Cão disse...

Cuscuinha.
Agora também já aprecias pinga?
Tá bem tá, 'stou a ver que a barraca abana.


És uma querida

biquinhos

Laura disse...

Ahhhhhhhhh carago, és memso mauzinho, e isso fazia-se ao homi? ehhh tadinha da filomena dele e dele também, ahhh pensava que a muié ia aturar a incontinência ? nossa senhora nossa senhora zézito isso nã se fazia a ninguém..e ainda pensas ir pró céu? xi, desconfio que vais penar no purgatório mais um tico..ahhhh coitado do saramago...

Zé do Cão disse...

Laurinha.

Se o Saramago soubesse que eu tinha pregado uma partida destas ao seu homónimo, escreveria ele a história e se calhar já tinha recebido outro prémio Nobel.

Biquinhos

kuka disse...

Ó Zé! Então isso faz-se? Coitado do Saramago.
Um dia, disseram a um colega meu que tinha sido escolhido para uma especialização em Inglaterra. Foi um engate tão bem feito que houve familia no aeroporto da Portela para a despedida e tudo. E quando tentaram desfazer a coisa o rapazito não acreditva. Dizia que era inveja por ter sido ele o eleito.
Até andou numa escola a aperfeiçoar o Inglês.

Pascoalita disse...

Minha nossa! Depois de ler a história da Kuka, até já me sinto aliviada da malvadez que fiz à flor da minha colega e que contei lá no meu cantinho. O autor dessa marotice, para entrar no céu, vai ter de rezar muito mais do que um "pai nosso" eheheheh

Caramba! Há quem seja bem pior do que eu, não achas Zé?

Diabinha Cusca disse...

Zezito,

Venho só avisar uma coisa:

Nos próximos dias não poderei fazer-te companhia porque ando muito ocupada à procura de uma coisa.

Se queiseres saber mais, passa no mei poiso eheheh

Zé do Cão disse...

Kuka. Pelos vistos também eras fresco.
Mas olha que eu já engatei uns amigos que acabaram por se apresentarem com uma coroas de flores, feita na "Agência Barata" - Cova da Piedade para dar mais autenticidade, para um morto que estava vivo e de quem todos eram grandes amigos.
Eu para gozar o prato estive presente e levamos todos uma rodada de filhos da puta, cabrões e sei lá que mais.
Depois uma uma grande almoçarada, para sarar as confusões, com a presença do "fedunto" e da sua Vergínia.
Queres mais? Ainda se arranjava mais algumas.
Nesta altura esse amigo já faleceu mesmo e de verdade.
Em 28/3/08 o meu conto era "Pato com Estuque". O morto vivo era o Pato.

Um abraço

Zé do Cão disse...

Pascoalita.
Eu ás vezes até tenho vergonha das patifarias que fiz.
dois dos melhores amigos que tive foram o Albano e o Matias. Ambos falecidos. O Albano do conto "O Celular" de 11/07 e o Matias, que ainda hei-de contar também.
Às vezes prometo que "pronto acabou" não faço mais. Qual quem, na primeira ocasião estou pronto para outra.

Biquinhos

Zé do Cão disse...

Cusquinha


Grande filha da mãe....

biquinhas.

kuka disse...

Zé essa agencia era em frente a clinica do Elvas? Quando ía para a escola passava lá em frente, de cócoras para que não me tirassem as medidas. E a fazer figas.eheheheh!

MissEsfinge disse...

É marotice atrás de marotice

Devias sonhar de noite para por de dia em prática eheheh

Mas diz-me lá, de vez emquando fazias um intervalinho para trabalhar ou não? ahahah

Mexicano Tarado disse...

É para veres como o mundo evoluiu ...

Se fosse hoje, o mais certo era o Saramago levar com uma *embalagem de Fraldas Geriátricas Conforttex* nas trombas

:) :)

Laura disse...

Era o que ia perguntar, mas este Saramago era primo do outro? olha que lind ahistórinha..e porque não a escreveste tu? vendia sum livrinho com meia duzia de historias dessas e tinhas fieies leitores..ora aprende..Beijinho e andas a fala rpouquinho no resteas: já tás cansadito é? ahhhh .

Zé do Cão disse...

Kuka.

Era essa mesmo e ao lado havia uma casa de Electródomesticos.

Belos tempos, belos tempos

Um abraço

Zé do Cão disse...

Miss
Na brincadeira foi sempre campeão, mas uma vez pegaram-me pela gravata, que julgava morrer estrangulado.
Algumas são impossíveis de contar.
Até com pernas de santola se pode fazer humor.

Já agora, desfaz a minha curiosidade, já ganhas-te algum curso.
"Uma vez fui a um concurso e também fiz figura d'urso"

Beijocas

Zé do Cão disse...

Deixa lá que o Saramago actual e o que eu aqui apresentei têm muita semelhança.

São ambos incontinentes e na hora da despedida.
Coitado dos senhores, especialmente o que ainda está vivo, que vive lá no paraíso de Lanzerote a falar canário e a afinal a garganta para dizer como ouviu. "Prémio Nóbel".
Já agora, sabes que ele é o orgulho dos galegos? Não me perguntes porquê, porque não sei.

Beijocas

Zé do Cão disse...

Lauirinha

Que eu saiba a única semelhança é que um já morreu e mijava-se todo e o outro ainda é vivo e deve mijar-se também.

É a vida, é a vida.
Sei que estou a caminhar a passos largos também para essa faceta.
Só que eu « CONTENTINHO MAS MIJADINHO»

bIQUINHOS

ando numa lufa, lufa

Mariazita disse...

Mas que grande maldade, Zé!
Fazer isso com um incontinente, já pensaste???
Não sei, mas olha que não te prevejo "rosas" quando fores p'ró jardim das tabuletas :))))))))))

Falando sério, mais uma das tuas deliciosas histórias.

Aparece. Há post novo.

Beijinhos
Mariazita

PS - Aproveito para informar que o meu amigo Botinhas inaugurou o seu blogue.
Quando puderes, vái lá dar uma forcinha. Ele merece...
Encontras o endereço no meu perfil.

Roderick disse...

Tens desafio no meu blog!

Roderick disse...

Podes crer. Se calhar era mais mau do que tu!
ahahahahahahah

Zé do Cão disse...

Mariazinha

Lá estarei.

ÉÉÉ, vou pondo as barbas de molho, qualquer dia sou o incontinente.

beijocas

Zé do Cão disse...

Roderick, tiveste acanhamento de comentar "O leiteiro"?
Aprende-se alguma coisa...

Um abraço

Zé do Cão disse...

Roderick.

O Saramago, era bom, era aquilo a que se pode chamar um podre diabo, daí brincarem com ele.


Um abraço

BOTINHAS disse...

Amigão
Política??? Eu nem sei o que isso é!!!
Ah! É a tal m…. de que falam no cartoon! São uns exagerados!
E quanto a políticos…estão tramados comigo. Se me virarem os bolsos das calças do avesso, só encontram cotão: os euros já eles os mamaram todos. Conta bancária? Desconheço! Bolsinho nas cuecas? Ná…eram + caras, com bolsinho, teve que ser mesmo sem.
Eh! Pá, SEM bolsinho, não sem cuecas…

Abraço fraterno
Botinhas

BOTINHAS disse...

Amigão
O Botinhas prima pela limpeza! Nada de porcarias.
Sabes a da professora que desafiou o Zezinho depois das aulas, para fazer “umas porcarias”? E o Zezinho aceitou, radiante: sim, professora, vamos despejar os tinteiros em cima das carteiras.
Isto passou-se há + de 100 anos. Hoje, o Zezinho teria proposto outras porcariazinhas…
Obrigado pela classificação. Aparece.
Abraço fraterno
Botinhas

Zé do Cão disse...

Botinhas

Sinceramente gostei do Blogue e da resposta.

Ambos respiram humor-

Um abraço

Laura disse...

Ahhh, que ainda está vivo, na precisa de se mijar,tem notas prá incontinência...
E porque andas numa lufa lufa? e sabes que mais? tenho saudade d apandorinha box..onde tá ela?

Diabinha Cusca disse...

Bom fim de semana!

Já fui ao Botinhas e já me ri pela semelhança com a foto dos teus "canitos gémeos" que hoje tenho lá no meu poiso ihihihih

Amanhã volto a passar por cá pois hoje já me ri que chegue

biquinhos e dentadinhas

Zé do Cão disse...

Laurinha.

Que sei eu da Pandora. Ter-lhe-ia acontecido algo? Não faço ideia.

Só me faltava ser jardineiro, sem perceber patavina da horta.

Zé do Cão disse...

cusca

O Botinhas, tá fixe.

biquinhos

Diabinha Cusca disse...

Cá para mim, a "Pandora_box" tentou impressionar-me e como viu que não conseguiu, deve ter ido tentar surprender outros diabretes ihihihih

Calhar foi ao baile

Kim disse...

Afinal não sou só eu a "pregar" partidas
Venham mais cinco.
Este Zé é um mimo!

Zé do Cão disse...

Cusca

Não sabemos o que se passará.

Pode muito bem ter adoecido ou ter outro problema qualquer, que a impede de aparecer.

biquinhos

Zé do Cão disse...

Kim

Com que então mais que gosta de pregar partidas.Sim senhor e eu a julgar que era uma espécie raro.
Qualquer dia temos de inventar uma, para os governantes porem a cabecinha pensadora a mover-se ( especialmente o M. da Justiça e o do Interior), porque estamos a ficar fartos da criminalidade e da "bandidagem" estar cá fora.
Parece que só estaremos em segurança quando nos prenderem.
Um abraço e boas partidas

Kim disse...

Oh Zé, eu já li todos os teus contos(?) ou verdades(?).
Há muito tempo que venho aqui lêr-te e de facto são uma delicia.
Claro que todos nós temos #estórias" parecida. Uns conseguem contá-las, outros nem tanto.
De vez em quando repito a dose e volto a lêr estas aventuras.
A nossa geração parece mais rica em descobertas e aventuras.
Um abraço

Oliver Pickwick disse...

Ei, Zé! Jamais soube de um encontro arranjado que desse certo.
De qualquer modo, foi melhor acabar assim que pela circunstância da mijança.
Um abraço!

P.S.: Agradeço pela sua cortesia. Não se preocupe, qualquer palavra estranha para os lados de cá, lhe consultarei.

Anónimo disse...

Eu resolvo o vosso problema

È o POLEN...é polen,que entra pela narina acima e e põe o TICO E TECO em revolução...

Cusquinha,eu queria impressionar-te????..ai sim???.....fixe!!!

OH Zè,,,,manda pra fora mais uma estória,sempre ajuda a varrer este pó danado

Uma boa semana

pandora_box

Zé do Cão disse...

Oliver.

Era um arranjo de truz. Coitado do homem, fui um maroto.


Um abraço dos grandes

Zé do Cão disse...

Pandora.
jinhos.
Já há polen? Dos Fenos? ahahah...
nunca sofri desses males.
A cusca endiabrada é lixada.
Mas olha que é uma garota fixe, fixe mesmo e tem uns caracóis loirinhos, que são uma «matação» Eu que diga, minha amiga...
beijocas e abraços

Pascoalita disse...

Boa noite :)* Estão todos bem por aqui? Pois era suposto hoje passar o dia sentada numa poltrona enqto o manel limpava a casa, mas foi um Domingo igual a todos os outros.

Também tinha reparado na ausência ou reduzida participação da nina pandora e já li a que se deveu. Como ela própria diz, há sempre uma explicação para tudo.

Sejas bem vinda. Boa semana a todos.

Um jinho a ti meu homónimo

Zé do Cão disse...

Com que então, pretendias estar regalada sentadinha, com os gatos a aquecerem-te os "chipes" e o Manel a arrumar-te a Palácio. Não querias mais nada?
Não me digas que dispensas-te o mordomo, ou não lhe pagavas o pilim
como fazia a Castelo Branco.(bichona)
Biquinhos
Pois eu, hoje 2ª feira, ando a tratar de pinturas.
(Sempre fui um grande pintor-sou eu e o Miguel Angelo)
Logo quando a dona chegar e vir a m.r.d. que isto está, tapo os ouvidos e pronto.

fotógrafa disse...

E fizeste bem não ter desmascarado a história...tadinho assim viveu a esperança que talvez um dia..., e que ela não apareceu,porque teve medo da chuva...que vinha de cima, sem imaginar a que vinha ...por baixo...rsrsrs
abraço

Anónimo disse...

C´um caraças..

Imaginando o Zé do Cão com o PINCEL(rsrS)....na mão

oh Cusquinha,não consigo aceder ao teu blog.

Pascoalita, "levaste" de bichona...defende as tese,vá..
Uma boa semana,Zé,,
pandora_box

Laura disse...

Bolas, li algures na cusquinha que estavas d eluvas especiaias, e presumi que ias enterrar o saramago e escrever sobre o guarda chuva, e..tá onde? empregaste as luvas a fazer quê? tão num era pra escrebêre?

Diabinha Cusca disse...

Pandorinha,

Problema nenhum, menina! Apenas és notada e eu, como cusca que sou, dei pela tua ausência.

Depois, sabes como é ... tinha de dizer algo e brinquei com o teu nome de perfil que sendo "pandora", algo me diz que és uma "caixinha de surpresas" não?
ihihihihih

De facto tenho notado isto muito lento, o que também estranho, sendo eu ainda tão jovem.

Desde pequena que ouço dizer que só a partir dos 50 é que começa o declínio ... serei eu precoce também nesse campo? eheheheheh

Agora a sério, tenho pena que não possas entrar :(

dentadinha ao de leve

Zé do Cão disse...

fotografa.

Coitada do homem, naquele dia, chovias de ambos os lados, bem observado. Sinceramente não deu trabalho nenhum a engatar.

Boa semana e Beijocas

Zé do Cão disse...

Pandora.
Não chamei nem insinuei coisa nenhuma de bicha.
Disse sim, que a Bichona do Castelo Branco não pagava ao mordomo.

Era mesmo incapaz de chamar alguma coisa feia a amigos/as.
Vai ser uma semana de pinturas.

Bj.

Zé do Cão disse...

Laurinha.

Estava de luvas ginecológicas a fazer pinturas, Mas em vez de pincel, era rolo, brocha, escada de 6 metros, escadote etc. etc.
trabalho não me falta...
para passar 15 dias sobre o último post do Zé, falta 7. Sabias?
Estou a pensar desistir, já não me dá gozo.

Biquinhos

Zé do Cão disse...

cusquinha

Bem vinda como sempre.
ora toma um biquinho

jorge disse...


Só me ficou uma "piquena" (como diria a Manela Azeda o Leite) dúvida:
Então como ficou o banco do teu carro?
Mandaste o gajo colocar as fraldas?
É que da última vez que estive contigo não me cheirava a mijo.

Diabinha Cusca disse...

Ai que estou que nem me aguento! Cusca cuscando ...


Zezito

Mas estás a pensar desistir de quê?

Do Blog?
Das pinturas?

É que se for de usar luvas, fazes bem ... também não simpatizo com coisas enfiadas ihihihih

Tira lá a luva pra levares uma dentadinha no dedão ahahahah

Anónimo disse...

òh Zé cum caraças!!(a minha ideia era mexer com a "piquena"),,mas não há dúvida que o humor é um fio de navaha,uma vez ou outra não se acerta ou pior,não temos graça nenhuma.

TODAS/os sabemos que és um CAVALHEIROS com prova dada(pq achas que pico o ponto,aqui,todos os dias?

Cusquinha.....ñ desisto,,,quero meter COLHERADA no teu espaço e depois,LAMBI o teu dedo (toma e ferrei-o,,,,tunga)

Um xi pa tu Zé
Pandora_box

Laura disse...

nina cusca, luvas servem para pintar, arrumar, partir, enganar..advogado na lingua gestual é o gesto de calçar e descalçar luvas..ora, aprende... enfias edesenfias a luva...assim...nems empre se trabalha d eluvas..ahh zezito na tem nada a ver com pintura sou outra coisa qualquer...beijinhos.

Zé do Cão disse...

Jorge
Vai lá vai, até a barraca abana.
Bem lixado estava eu se ainda cheirasse a mijo.

Zé do Cão disse...

Diabo em figura de gente.
Desistir de escrever no blog, é o que quero dizer.
Quando ás luvas ainda tenho os meus braços sujos de tinta.
Quando estava nas Adegas do meu pai, ás vezes tinhas os braços sujos de tinto.
biquinhos

Zé do Cão disse...

Pandora.
Pois, está bem. Eu não afinei, tinha a consciência tranquila (como o Dias Loureiro).
Pois, sou um Cavalheiro, qualquer dia
um Cangalheiro e depois é este que me leva.
Estou a ficar neurótico, mas creio que isto passa.

jinhos

Zé do Cão disse...

Laurinha.

Talvez vá desabrochar no próximo fim de semana e depois venho com o gás todo.
Ainda não me disses-te se já foste à Frente de Libertação Caramela.

biquinhos

Laura disse...

Não, não fui, não tneho por onde entrar, se ela estivesse no teu blogue ia lá dar direitinha, mas não e o que me deste dá página errada e não me leva até lá..beijinhos...

Zé do Cão disse...

Laurinha.
Já to enviei, espero que aches graça.
para mim é de humor invulgar.

biquinhos

Cusca Endiabrada disse...

Eu fui! Eu fui!! (endiabrada chegando a correr ... uffa! tive de me apressar não fosse a madry passar-me a perna eheheh)

Já fui cuscar ao "Frente de Libertação Caramela" eheheheh

.............
Xiiiii ali há coisas do arco da velha, sabiam? Imaginem que se diz lá que acham que toda a gente devia ter um palito na boca!!! Eu cá fugi logo ... acham que a mim, cusca endiabrada, me calam a boca com uma coisinha tã fina? eheheh

Gostei deste poema dos chispes (Zé co canito, se não achares bem, apaga)

Balintia é o mê nome

Tenho os chispes
im brasa
tenho bico
Na asa
Tenho fijão de molho
E biajo sempre de motorizada

Sou mulher rija
E malina
Nã tenho cadija
O mê nome é ti balbina

Fui escriturária e
Pé descalça
Ainda bou à raforma agráira
Nunca usei calça

É domingo:
Bou ao marcado
Tenho cabalo dado
Nunca lhe olhei pó dente
Nim usei datargente

Sou balente
Sou malina
Bou ó cagatóiro
Nunca usei
supositóiro

Sou a Ti Balbina
Se for praciso
bebo criolina

Sou acocorada e
Às bezes malcriada
Antes só
do que mal acumpanhada

Bou mímbóra

Bou desinfetar a basilha
Bou buer áuga e grabilha

Gosto da bicheza brabia
Como ratos e nã me dá azia

Bou ao urinol como ós homes
Ponho-me de cócoras
E nã uso pedra pomes

Esgrabato à parba
Bebo binho
E nã desidrato

Fiz de mim própria selbaige
Mas escolhi a minha biaige

Bou mimbora bou partir
A mim éi que
nã mapanham a dormir

Poemas retirados do novo livro “Sou os chispes da minha alma”

Anónimo disse...

Amigo só agora li a ultima história
como sempre muito chira e muito angelica para o autor.

Espero que esteja todo bem

beijinhos Gina

Anónimo disse...

iihihihihi

ahahahaha

eheheehhe..òh Cusquinha....nem estou em mim....gargalhei àds lágrimas...

Deixa cá ver Zé que raio rima com cangalheiro...

Porra...só me sai Barbeiro,funileiro,....

Ah já sei.....Um amor de criatura...cada um "arrima" como QUER
xi:pandora_box

Zé do Cão disse...

Cusca
O Nobo libro da Ti Balbina, sai dia 14.
Na Capital da Nação Caramela, bai haver festa da rija.

Coiratos, 1/2 bidon, bão dar a nota perante uma "garreia" de rapaziada e na bala da salgueirinha, bai haber uma corrida de barcos pecanininhos, comandados prus pais dos putos.

Biquinhos

Zé do Cão disse...

Gininha, tens feito grande ausência, minha querida.
Sabes que tens aqui no cantinho um lugar muito especial.

Beijocas, muitas, muitas

Zé do Cão disse...

Pandora

Cangalheiro, rima com albardeiro pior exemplo.

Esta Cusca é uma maquina.
Ainda pior do que a da Regisconta.

Cusca Endiabrada disse...

LEITEIRO!!! Então a nina já esqueceu o "leiteiro empata fadas"? Aquele devia ser tão indesejado como o Gangalheiro, não? eheheheheh

E ospois ainda há o PADEIRO que também costuma ter umas certas continhas a ajustar ... pelo menos da fama não se livra eheheheh

Mas eu li algures que o Zezito se prepara é para "desabrochar" !!!

E esta hen? Por esta não esperava eu! Uma faceta destas a esta altura do campeonato não é para qualquer um, não concordam?

deixo dentadinhas ao pimpolho que que anda a sonhar com cueiros eheheh

Zé do Cão disse...

cusca

sinceramento é verdade que penso em desistir.

Cusca Endiabrada disse...

OH! Mas desistir porquê? Não acredito que tenham esgotado as histórias.

dentadinhas

Zé do Cão disse...

Claro que não esgotei.
Acho que a malta está saturada...
O Zé não tem mais para dar.
Há outras, mas não posso contar


biquinhos

Cusca Endiabrada disse...

Zezito

Aqui a cusca entende, mas os teus textos vão fazer muita falta :(

Mas mesmo que isso se venha a verificar, vais continuar a fazer-nos companhia, não é verdade?

dentadinhas

Zé do Cão disse...

sim, farei parte da charanga funerária.

biquinhos cusquinha
mas o último texto será de rebentar os cós dos cus.

outra vez biquinhos

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé do Cão

Tu desencantas-me cada figurão!... E este com incontinência e tudo!... Bem gostava de saber onde descobres tanta pérola de sedução.

Mas impecável e sempre bem disposto isso tu és.

Um abraço com saudade

Zé do Cão disse...

Rebeca e Jota cê

Eu também adorei a vossa presença.
quanto ao saramago, deitou mais uma pinguinha

Abros w Beijocas

Zé do Cão disse...

Silencio

Ai, ai

Naquela altura o Saramago ainda não tinha recebido o Prémio "Nóbel", mas agora coitado deve estar igual ao outro Saramago.
Com o devido respeito a este e ao outro (já finado).
Digo isto por brincadeiro, pois nem sei se o o actual está ou não incontinente. No Continente não esytá de certeza, pois ele até móra numa ilha "Lanzerote", numa casa bem bela por fora, já lhe dei uma olhadela. Estive na ilha de férias e não fugi à tentação de dar uma um olhinho, não obstante ele não gostar de mirones.

Beijocas

Laura disse...

Aquela Ilha de Lanzarote, é toda de origem vulcânica, não gostaria d elá viver... tenho lá uma amiga a trabalhar e já vi fotos, quase não tem árvores é tudo rochas pretas...xi, nem sei que lhe deu para ir pra lá... enfim..beijinhos.

Cusca Endiabrada disse...

Ora madrinha, é muito simples:

O NOBEL já tá a meio gás e a companheira precisa de acção.

Que melhor local do que um solo vulcânico que dê uma ajudinha na hora de fazer bonito? Tás a ver o filme? eheheh

Se não fosse a Ilha de Lanzerote, só os Açores eheheh

xico man disse...

Podia ser pior!
abraço!

Laura disse...

Ó zézito

Laura disse...

tás à espera de ter cem comentários

Laura disse...

?

Laura disse...

Tão diz que eu quero

Laura disse...

ler post novo.

Laura disse...

beijinhos da nina de Braga

Laura disse...

Que passou no restaurante do bacalhau à narcisa e está fechado, velho caquético e a caír de todo..ond eouviste que reabriu? sós e foi noutro lado, conta lá.. e toma lá os cem comentários..bamo lá post novo..ji de mim.

Anónimo disse...

Vim a correr,julgando haver "tainada" nos 100 comentários...

Népias.....

È o que faz vir com muita sede ao pote...

Uma boa semana:pandora_box

Zé do Cão disse...

Laura

Pois Lanzerote é uma ilha, mas com praias muito bonitas.

biquinhos

Zé do Cão disse...

cusca.

Eu acho que o Saramago, já lá não vai nem com vulcão no "rabo".

biquinhos

Zé do Cão disse...

L..A...U...R...A

Que te deu?

A Narciso ainda está fechada? Mas que coisa...


Biquinhas

Zé do Cão disse...

Pandora...

Que eu saiba, para segunda feira ainda faltam 1 hora e 6 minutos.
jinhos

Cusca Endiabrada disse...

Madrinha laurinha foste enganada!!!

Tavas a ver se ganhavas prémio por chegares aos 100?

Também eu pensava que ganharia um presente por fazer os "69" e fui enganada eheheh

Zé do Cão disse...

Cusca, nem sei que te diga.

Biquinhos

Milu disse...

Pois! Afinal a marotice e gosto pelas partidas vai durando pela vida fora. Fartei-me de rir com esta história!

Zé do Cão disse...

Milu.

Claro, tenho sido sempre assim, que hei-de fazer?

Beijocas