11.2.08

Préstimos à disposição


Numa das empresas onde trabalhei, e que por sinal até já deu origem a um outro conto já descrito neste blog, passou-se esta cena que poderemos considerar comédia/trágica.
Os Sócios-Gerentes da empresa, casados e com filhos mais ou menos da mesma idade, eram bastante comunicativos com os trabalhadores, ao contrário dos actuais que têm o rei na barriga e não chegam aos calcanhares daqueles.
Os filhos dos Gerentes visitavam as instalações fabris, chegando mesmo a brincar em correrias próprias da sua idade num grande armazém onde estavam guardadas todas as matérias-primas.
O Fiel de Armazém, Maneças de seu nome, rapaz solteiro, senhor do seu nariz, tinha sempre aquelas instalações impecavelmente limpas e as escritas sempre em dia, de forma a não merecer qualquer reparo que consideraria depreciativo na execução das s/ funções, tinha como ajudante um ex-servente da construção, pessoa muito versátil, mas que devia ter qualquer bolha de água na “tola”, de nome Manuel Bolota.
A empresa representava variadas marcas e entre ela a da Sonap (sucessora da Sacor), chegando mesmo a ter para o abastecimento das viaturas uma daquelas bombas manuais, tipo garrafão de vidro de 2x5 litros, que já não se usam e de que já poucos se lembram.
No referido armazém existia daquela marca, bidons de 200 litros com Gasóleo e massas consistentes para a lubrificação das várias máquinas existentes na fábrica.
Um dia, ao passar por lá, deu-me a “pancada” e acrescentei à palavra Sonap que estava escrito num dos bidons, “eida”. Uma das meninas filhas de um dos patrões, aí na casa dos 15/16 anos fez queixa ao papá, que levou por sua vez o caso a reunião de Gerência. Nunca ninguém soube quem tinha sido a inteligência que escreveu aquele horror, mas lá que o Maneças apanhou uma rabecada tremenda, isso apanhou.
O Bolota, para ganhar mais uns tostões, arranjou um “part time” como coveiro no cemitério municipal lá da terra e, como era jeitoso para a execução daquele serviço, foi convidado para ficar definitivamente.
Era conhecido na terra por ter trabalhado na tal empresa como ajudante de fiel de armazém e depois passou a ser conhecidíssimo, porque abria as covas, segurava nas cordas, dava as ordens para as descidas das caixas, as primeiras pazadas, arranjava e limpava as campas e finalmente colocava os arranjos florais. Com tanta dedicação acabava por fazer um ordenadão, tal era a quantidade de “gorjas” que recebia.
E aliado a tudo isto, quando alguém se despedia desta para melhor (?) e que era necessário fazer autópsia, o médico chamava-o, quando preciso, e ordenava “corta aqui e corta ali”.
Ninguém sabe o que teria passado pela “mona” do Bolota, mas estando eu numa tipografia a mandar fazer uns trabalhos daquela especialidade, o dono da mesma mostrou-me um papel onde o Bolota requisitava cartões de visita, indicado-o como Médico–Autopsiador, Coveiro, Representante da Agencia Funerária “O Sono Eterno” e Artista em arranjos de flores para campas (ia ser um cartão digno duma moldura digital). Como o tipografo lhe chamou a atenção, dizendo que não podia fazer os cartões porque ele não era Médico, o homem resolveu imediatamente a questão, substituindo a palavra Médico por Ajudante de Autopsiador.
Por estas explicações podem confirmar quanto o homem era versátil e como se adumava a qualquer situação.
Certo dia, o filho de um dos Gerentes da empresa de onde o Bolota tinha sido transferido, ao tomar banho, ficou intoxicado por ter inalado os gases queimados do esquentador que estava instalado na casa de banho, tendo ido de “charola” com toda a urgência para o hospital.
O Alvoroço foi enorme, a notícia correu célere pela povoação e a preocupação por um desenlace fatal atormentou toda a gente da região.
Pela noitinha e ainda antes da mãe do moço saber qualquer notícia do que se estava a passar no hospital, e portanto com o coração apertado e a sofrer de uma angustia asfixiante, batem à porta, a senhora abre esta e vê o Bolota vestido com a farda do trabalho e com o boné da Câmara Municipal enfiado na cabeça; aflita pergunta-lhe:
Queria alguma coisa?”, obtendo esta resposta: “Minha senhora, venho apresentar os meus préstimos; se necessário estarei às vossas ordens para o que for preciso e a qualquer hora”.
Muito obrigado pela sua atenção. Já agora diga-me quem é o senhor, para eu dizer ao meu marido”. “Sou o coveiro; aqui do cemitério”.
Resultado: a mãe do moço foi com “chelique” para o Centro de Saúde local. O rapaz salvou-se e o Bolota, como o ex-patrão e pai do intoxicado era também vereador na Câmara, recebeu um bilhete de comboio para ir à sua terra apanhar bolota, mas sem direito a retorno.
Nesta terra, não se pode ser prestável, nem naquele tempo havia processos disciplinares.

108 comentários:

vsuzano disse...

uma coisa te digo "Zé do auau" foram mais uns 10 minutos bem passados a ler este blog....

Abraço

Capitão Merda disse...

E isso acrescenta-se ao nome da empresa, Zé?
Ai se te têm descoberto... ;)
Abraço

Olá!! disse...

hahahaha Grande Zé... sona-peida... fantabulastico...

Esse Bolota era versátil mas muito ganancioso, raio do homem hahaha
Passou de médico a ajudante e teve sorte de não passar de coveir a encovado... ;))))

Beijos amigo Zé

Zé do Cão disse...

Meu caro vsuzano, acredita que o li várias vezes e sempre tenho vontade rir. Um abraço e obrigado pela visita.
Capitão,se me têm descoberto, ficava a descoberto. aí 15 dias ninguém me salvava,já que quando foi da espreita(dela)gramei 15 dias e os patrões eram os mesmos.
Um abraço, meu amigo, já aogra pergunto. Como vai o joelhinho da nena? é Magrote ou gordinho?
Isto é que está aqui um amigo!.

Zé do Cão disse...

Querida Olá!!... Passou de coveiro a apanhador de bolota. Sempre há cada uma, e logo sou eu que estou guardado
para as contar. Mas está evidente que o gajo, tinha as campas bem arranjadinhas e floridas.


Um beijinho, muito, muito grande
minha amiga.

Templo do Giraldo disse...

Zé pah os teus posts são enormes, das cabo das vistas ao pessoal. Estas a retratar mais uma das muitas histórias que passas-te. Fazes bem anima o teu e passa pelo meu:) Um abraço do Templo

Templo do Giraldo disse...

Zé pah os teus posts são enormes, das cabo das vistas ao pessoal. Estas a retratar mais uma das muitas histórias que passas-te. Fazes bem anima o teu e passa pelo meu:) Um abraço do Templo

mjf disse...

Olá!
É sempre com prazer que passo pelo teu cantinho...e divirto-me sempre...
Bem hajas
Beijos

Anónimo disse...

Mãezinhaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!
Fiquei com uma dor maxilar,porra!

iihihihhiih...o coveiro e inventador de finais para spots publicitários estavam bem apanhados..

Devias ser uma boa BISCA,sem baralhar,claro(para teu consolo não te ficava atrás)...eheheeh

Um abraço:pandorabox

Moyle disse...

Há os nabos e há os... bolotas. Sinceramente...
[estou a rir à fartazana]

Zé do Cão disse...

Templo do Giraldo:- as coisas que assistimos pela vida fóra, dá-nos para contar estas historias veridicas
A vida é bela o pessoal é que dá cabo dela.

Zé do Cão disse...

Não faz ideia mjf, quanto aprecio a sua passagem por aqui.
E que seja do agrado...
O meu muito obrigado, com retribuição dos jinhos.

Zé do Cão disse...

Ai, pandorabox, o bolota devia ter uma "bolha" de todo o tamanho.
Mas o Zé, ainda no tempo em que não tinha cão, segundo aprecio agora, também devia ser uma boa prenda.

Robin Hood disse...

Meu carissímo Zé do Cão
Um cota sensato não deve fazer juízos apressados.É assim que muitas pessoas são executadas sem serem culpadas.
Passarei a ser seu visitante se me der a honra de me aceitar como sou:um simples mortal que gostaria de viver num mundo melhor.

Zé do Cão disse...

mas com certeza robin, tens sempre a minha porta aberta, aliás até tenho a fechadura avariada e a tranca já só é pó de caruncho.
Um abraço e votos num mundo melhor, todavia julgo que já não o vemos.

Templo do Giraldo disse...

Pois é meu caro zé a vida é bela sim.. Mas é quando somos novos.. Em chegando à minha idade já não achamos muita graça. Mas temos de ir vivendo a vidinha tranquilamente.

SAUDAÇÕES

Zé do Cão disse...

Meu cáro a vida é sempre bela, nós é que damos cabo dela. Tás cota? Isso que importa. Desde pequeno que oiça esta cantiga. Quem dera ter 10 anoe e saber o que sei hoje.
Pela minha parte, digo assim.
Quem me dera ter 10 anos e saber o que sabia quando tinha 10 anos. Fazes ideia de quantos é que tinha ainda para viver?
Nem te digo, amigo.
Um abraço, trata-me bem do templo, limpa algumas teias de aranha que por lá há e segue em frente......

Templo do Giraldo disse...

Concordo plenamente contigo temos de aproveitar a vida enquanto cá estamos. Sim amigo as teias fazem parte da casa e eu não lhe posso passar o pano se não elas fogem:-)
Tu segue aqui com o teu cantinho e vai tratando dele tamb.

Um abraço do templo.

Anónimo disse...

Ò KOTAS DA PORRA!!!!!!!

Dizia Côco Chanel!!,(para quem ñ sabe,Uma Mulheraça da "haute,couture) q a idade é a que cada um SENTE...PRONTO---secundado com isto cá o Vozinho(vovô),,desta nina morreu com 83 anitos,e tinha ao lado uma sirigaita de 46,(nada incomodada,,,dizia,pelo contrario)... EUZINHA...mesma cêpa,,,ehehe,,,,e digo-vos, nada como VIVER UM SEGUNDO COMO NUNCA MAIS(Vinicius)---A VIDA É UMA BENÇÃO...e com o ZÉ DO CÃO e CAPITÃO MERDA,temos o bâlsamo,,,,só temos estar gratos/as,,e toca a viver com ARTE...

uM ABRAÇO:pandorabox

Zé do Cão disse...

Adoro-te mulher e não resisto a responder-te. O Paizinho deste rapaz, perdeu a bota com 98. Desde sempre fez ginastica. 1º a trabalhar que nem
um moiro, depois seguindo as lições pela rádio (ainda não havia TV) e por último, fazendo diariamente 9 km a pé, num circuito por ele criado entre povoações, até 3 dias antes de nos deixar. Além das obrigações cunjugais, que já não deviam ser o que eram, mas que eram ainda.
Se tenho pena de estar cóta? Claro que sim, mas não sou de maneira nenhuma um resignado e tenho uma vivencia a fazer inveja a qualquer puto de 20 anos.
Ter como amigo e companheiro o Capitão da Naviarra e receber os comentários cheios de amizade como os teus é efectivamente um balsamo
que me revitaliza diariamente.
Um beijão e um abraço, pandorabox

Rafeiro Perfumado disse...

Bem, história digna de uma peça de teatro! Mas para maiores de 18, que "Sona-peida" poderia ferir as almas mais susceptíveis! :D

Abraço!

MouTal disse...

Meu caro
Foi um prazer descobrir o "Zé do cão".
Ainda me estou a rir com a história do Bolota...ca ganda malandro...ia matando a mulher do patrão.
Só no nosso Alentejo é que há gente como o meu amigo.
Fiquei fã.
Abraço.

cassamia disse...

para além da história que me encantou, gosto mesmo muito muito do nome do teu blog. voltarei sempre :)

Templo do Giraldo disse...

Tão meu caro?? ta tudo bem? tão nao actualizas a casita?? tenho de concordar aqui com a cassamia o nome do teu blog está muito bem concebido. sim senhora, consegues animar a malta. cumprimentos.

Rp disse...

"sonapeida" ahahah lindo!!
Foi a minha primeira visita mas gostei imenso!!
Parabéns pelo blog. Vai para os meus links.
Abraços!

Anónimo disse...

(rsrrsrrs).Zé!!!


(aposto q tu ginástica é como eu,rumba a dois no colchaão mas com muita paixão e Amor)...dignos dos "genes" e muita vontade de viver...eheheheh

BEM HAJAS!!!!

pandorabox

Olá!! disse...

Vim deixar uma beijoca, apesar do pc alentejano ;)))

SILÊNCIO CULPADO disse...

ZÉ DO CÃO, MEU AMIGO
Tu és mesmo impagável a contar histórias. Mesmo compridas vale a pena ler. Essa não lembra ao diabo: um coveiro oferecer os seus préstimso numa situação de aflição em que se queria afastar a ideia da morte.

Amanhã, dia 14 haverá uma postagem colectiva, de iniciativa do blog LUZ DE LUMA em defesa da inocência e contra a pedofilia. Se quiseres aderir copia a imagem que está no post de hoje no Silêncio Culpado.

No blog solidário Sol Poente http://o-sol-poente.blogspot.com, publiquei hoje uma reportagem do jornal Noticias da Manhã/Primeiro de Janeiro com o nosso amigo Raul do Sidadania.

Um abraço apertado

Zé do Cão disse...

Vejam lá e eu perdidinho de medo da "Carvoeirinha". Creia que é tua boa amiga, não.
Pelo menos é sincera epronto.
Recomendações para ela e uma festinha ao rafeiro

Zé do Cão disse...

Viva Moutal, também gostei do teu blog e dos trabalhos que apresentas.
Foi um prazer ter a tua visita. Já sabes de 15 em 15 dias, cá estarei com mais uma história veridica.
Um abraço do zé, o canito foi à tosquia e tirar as carraças das orelhas, se fosse uma ovelha pareceria uma das meninas da Riberia do Sado.

Zé do Cão disse...

Cassamia, fico contente por escrever estas coisas que vivi, e que gostem.
Zé é mesmo o meu nome, sobre o canito o gajo é duma ternura que não fazes ideia.
É tão meigo, tão meigo que quando me vê aborrecido, prega sempre uma mijadela no tapete de entrada. Há quem diga que é para marcar territorio e eu até já lhe disse que faça conquistas, como os navegadores portugueses, ponha lá um padrão de pedra, bem longe da porta e que mije por lá. Não tem vergonha nenhuma.
Um bj. e volta sempre...

Zé do Cão disse...

T, Giraldo, não percebi. Actualizar a casita? vá explica.
Um abraço, Alentejano......

Zé do Cão disse...

Rp, quando me lembro dessa sena, riu sempre. E com o Maneças, ainda tinha mais 2 ou 3 aventuras, mas que não posso contar. Trata-se de historias para crianças e nós somos todos adultos. Só uma doçura. Ele tinha acabado de casar e convidou-me para eu ir ver a casa dela.
Quando saí, não resisti e fiz esta quadra, que lhe era dedicada.
Como tenho muito azar
e ando sempre a padecer
Se cair da cama abaixo
sou capaz de falecer
Tive sem lhe falar aí 1 mês.
Mas era bom rapaz e eu quero um travesso, danado.

Zé do Cão disse...

rp, pequena alteração
Queria dizer
Mas era bom rapaz, eu é que era um travesso danado.
Abraços

Zé do Cão disse...

É isso mesmo Pandorabox, tal como dizes. Sem tirar nem por.

Um grande, grande bj

Zé do Cão disse...

Olá!! grande amiga. Embora aqui tenham alvitrado que eu sou Alentejano, juro que não. Sou Estremenho, e quando miudo, assim que abria a porta da minha casa, via Lisboa do outro lado. Era assim como estar à beira mar e ver do outro lado do atlantico a America. Ficava extasiado, até que um dia vestiram-me um fatito novo, calção e casaco aos quadrados, boné na mona e levaram-me a passear à capital.
Era Novembro, passei por uma pastelaria na rua do ouro e ao ver tantos bolos na montra, lembrei logo o meu pai, que tinha fome.
Resolveu o problema imediatamente, comprou cinco tostões de castanhas, metidas num cartucho em cone, feito duma folha das listas telefonicas, que até fui de lado.
Mas castanhos comeu eu à fartura, a minha fomita era um pastelito de nata.
Ainda hoje se vou a Belém, atiro-me de enfiado e vão 6 de seguida. Já uma vez queimei o ceu da boca.
Um bj grande amiga

Zé do Cão disse...

Silencio Culpado.
Justifiquei por mail.
Bj.

Olá!! disse...

hahaha gulosoooooooooooooo
beijosssssssss

Templo do Giraldo disse...

sim meu caro zé, não metes um post novo? é so uma curiosidade. Vá la teres comido umas castanhitas e ja gozas, bem bom. Uma abraço do templo.

Zé do Cão disse...

Olá!!, então um miudo a olhar para a montra cheias de bolas de toda a especie e o gajo não me comprou ao menos um pastelito de nata. E era um homem para a epoca abastado. Era, era um unhas rapada
Um beijão

Zé do Cão disse...

Templo do giraldo:-
É um de 15 em 15 dias e basta, quando não não tinha pedalada, pá.......
Portanto de Segunda próxima a 8, já sabes, tens aqui a "lavagem de Calcatifa"

Um abraço. O teu blog, vai bem...
arrefinfa-lhe........

Anónimo disse...

Só de 15 em 15 dias???--(grande mão de vaca,,irra!!!!)


Peço a Deus q o teu cão te pregue uma mijadela soberba,daquelas que nem com lixivia saem,de maneira q percas tempo a "coça-la..olha ganhavas mais nesse tempo q perdes na limpeza q postasses,,,,bem feito!!
Um abraço:pandorabox

Zé do Cão disse...

És uma querida. por ti alterei 2 por mês, a semana sim semana não. Mas mais não posso, a minha cabecita pensadora
gosta muito, muito, disto, mas também têm outras peocupações, que levam o seu tempo.
Para a próxima, ainda tenho de arranjar a ilustração, que não sei onde arranjar.
Olha que nesta última tive de me deslocar ao tal cemitério para a tirar. Mas está arranjadinho, não está? O Bolota deixou a sua marca.
Um Bj. "caixinha de surpresas"

Popper disse...

Interessante! Pois é para voltar a andar por aqui. Abração.

Capitão Merda disse...

Bom fim de semana, Zé!
Abraço

Templo do Giraldo disse...

Ola carissimo ze. ai so actualizas de 15 em 15, fazes bem é uma opção. Tao e que tal? um abraço do templo.

Anónimo disse...

(sol na boca=sorriso rasgado)


o quê???!!!..cemitério está um MUST,mas vai tu pra lá,eu quero ser "esventrada" pelos estudantes de medicina,,,e já tratei disso)...mas sim está bem digna da morada dos mortos,,

Ah!!!pela mudança dos posts(e tens razão..a vida não é só pândega,,"mas devia.."que Deus Nosso Senhor (e pedido por mim )te dê até ao fim do ano uma Mulher boáhcomómilho)...em paga por semelhante prémio(tou tão contente),,,,,bem mereces...ehehee

Um abraço:pandorabox

Zé do Cão disse...

Popper, agradeço-te a visita. Também fui ao teu Blog e achei-o um encanto. Quis roubar-te uma fotografia,para ilustrar o meu próximo conto e não consegui. Tenho pena....
Quem confessa a verdade, não merece castigo. Um abraço....

Para ti Capitão, tens sempre um lugar marcado aqui no meu reduto.
Igualmente, fim de semana em beleza.

Zé do Cão disse...

Templo do Giraldo, é verdade, estas coisas têm de ser doseadas. Percebo o que é gostar e estar à espera 15 dias para ler outra história. Faz-me lembrar uns folhetins com historias de faca e alguidar que há mais de 60 anos se vendia de porta à porta, as entregas eram feitas às 3ª feiras, uma vez por mês e duravam 3 anos para acabar.
Também não havia mais nada.
Não havia TV, Rádio nem todos tinham, na minha casa havia uma galena, não sei se sabes o que é?
Não havia droga (ainda bem), a malta quando ía às meninas apanhavam uma camada de chatos (parece que essa merda está a voltar) "Chatos sempre houve"....
automoveis, quando aparecia um desatavam todos aos pulos a gritar.
ééééééé´...As Bolas eram feitas com meias de mulher ou bechiga de porco, que como sabes é toda torta e quando batia no chão saltava para os lugares mais incriveis...
Aquilo é que era tempo e em vez de um naquito de pão, era o mesmo pão
mas acariado com o ranho amarelo que corrio do nariz.
Era assim parecido com " A ROTA DOS SABORES"

Um abraço, que não acabava mais.......

Zé do Cão disse...

Pandorabox, gostei de chegar aqui e encontra-te. Já agora, peço-te que leias o que escrevi ao Templo do Giraldo, (vê lá ao que cheguei, estar a escrever a um templo) "Estou chéché

Deus te oiça e que até ao fim do ano o meu santo padroeiro me traga a tal mulher boáhcomómilho.E que ela seja tipo Calendário, daqueles que se vêm nas oficinas de automoveis.
Vou preparando as garras, arranjando uns babetes e tomando uns comprimidos de "Ebixa" por causa do Alzheimer, não vá quando ela chegar, já não me lembrar para que a quero.
ahahahahahaha...........

Templo do Giraldo disse...

Pois é meu amigo não sei o que é isso de não haver tv, nem radio.
O meu tempo já é outro, pelos vistos devo ser um bocado mais novo que tu. Realmente não sei o que é uma galena mas estou certo que me vais explicar. Gosto do teu tipo de comentarios, nota-se que és um "gajo" porreiro. um abraço do templo. e quanto ao jonas também é um critico do caraças.

Um abraço do templo.

Zé do Cão disse...

Temlpo, ter a mona perfeitamente lucida é o que interessa.Garanto-te que ainda não passei da validade.
Sou um HOMEM actual, com algum humor, bem disposto, gosto de comer e beber, viajar, acompanhar a vida etc e tal
e do que estás a pensar, sim, sim pratico e para a idader não é pouco.
Entendidos.........
Quando à galena, numa das salas do teu templo, por um dias destes explico. Era giro.......

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé do Cão
Vim reler a tua história porque na tua vida, bem curtida, descobriste cada exemplar que, bem explorados na tua escorreita escrita, dão histórias bem castiças.
beijinhos

Rui Caetano disse...

Um texto bem pensado.

Zé do Cão disse...

Silencio (que faz estardalhaço onde entra)culpado. Esta mulher é uma querida. Ps. Passei hoje à porta onde trabalhou o bolota e sorri a pensar no caso e no prazer que dei por relatá-lo.
bj muitos, muitos

Zé do Cão disse...

Rui Caetano, estes textos, poderiam chamar-se "Factos da Vida Real", porque tudo que relatei até aqui, foram factos vividos por mim bem de perto. E os que se vão seguir igualmente.
Gostei da tua presença e sinto-me orgulhoso por isso.
Tenho a porta aberta sempre que queiras.
Um abraço

fotógrafa disse...

Olá zé do cão,obrigada pela visitinha...
também gostei de andar por aqui...
abraço e bfs

medusasss disse...

Grande história!
Muito, mas mesmo muito engraçada... e muito bem contada!
:)
***

Anónimo disse...

Estimados amigos/as:
Por motivos pessoais, em nada relacionados com saúde, decidi encerrar o meu blog.
Compreendo hoje que, levado pela emoção de um momento menos bom, foi uma decisão precipitada, mas por vezes é preferível uma decisão menos acertada ao arrastamento de problemas por uma decisão eternamente adiada.
Como devem ter percebido, ou talvez não, sou uma pessoa impulsiva, levada muitas vezes a situações irreversíveis. O coração ao pé da boca tem-me pregado algumas partidas, no entanto raramente encontro motivos de arrependimento dos meus actos. Não gosto de adiar por muito tempo aquilo que tenho de fazer, mesmo que não haja maneira de voltar atrás. E depois, foi só um blog acabado, mais um capítulo encerrado para logo se abrir outro e com toda esta inconstância que me caracteriza, não se espantem se dentro de algum tempo o meu fantasma voltar a vaguear pela internet.
Para já está decidido que, mesmo sem blog, não vou deixar de fazer visitas, especialmente a pessoas que, incondicionalmente e sem quase me conheceram, me apoiaram em momentos de fraqueza, momentos que têm sido mais frequentes do que era desejado. Mas, compreendam, por vezes torna-se tão difícil controlar os sentimentos que o coração acaba falando mais alto do que a razão e acabamos a dizer mais disparates do que é socialmente desejável. Nessa situação, que já por mais de uma vez atingi, é tempo de fazer uma paragem para respirar e fazer um balanço. Perguntarmo-nos se aquilo que andamos a fazer é algo que valha a pena ou se não servirá, apenas, para aumentar a dor que tentávamos aliviar. Não devemos evitar morrer da doença para vir a morrer da cura e sinto que era isso que me estava a acontecer.
A todos o meu muito obrigado e desculpem se alguma vez vos desiludi.
J. Serra (Zé do beco).

Zé do Cão disse...

Fico feliz por gostarem. Farei o possivel pora não vos desiludir.
Voltem sempre, porque eu vou continuar a deitar o rabinho do olho aos vossos.
Bj para a Fotografa e Medusasss...

Templo do Giraldo disse...

Ola meu caro zé atao e que tal?? ta tudo a andar?
pois é como ja alguem dizia la atras...bem explorados na tua escorreita escrita, dão histórias bem castiças.
É bem conseguido sim senhor.

um abraço

Zé do Cão disse...

Meu grande Amigo Zé do Beco
Foi com ansiedade que vi desaparecer da "pantalha" do meu "computas", as histórias, os comentários, as verdades da actual politica com a assinatura do Zé do Beco.
Sou velho na idade, mas novo nestas andanças. Já gastei centos de horas agarrado a esta máquina fascinante e já meti o nariz num numero incalculável de blogs. Atribuindo-lhes classificação de 1 a 20, daria ao meu o 18º lugar.Visto pela minha óptica, todos, mas mesmo todos são melhores do que o meu, mas isso também não interessa para o caso.
Como no futebol, na politica, afinal em tudo que nos diz respeito
ou pretendemos estar ligados, acabamos sempre por ter uma simpatia especial, muitas vezes sem saber dizer qual a razão porque fizemos esta ou aquela escolha.
Houve dois blos que mercaram logo de inicio a minha simpatia, pela maneira desassombrada e directa como eram tratados os assuntos que traziam à "barra".
Capitão Merda e Zé do Beco, atraíram-me de tal maneira que hoje passados vários meses, quase não posso passar sem eles. É que, independentemente dos artigos, abracei laços de amizade que não desejava ver acabos por qualquer motivo fútil.
Foi um rude golpe, ter conhecimento que o Zé do Beco estava de partida deste convívio, admitindo ter sido razões fortes que o levaram a tal decisão.
Só desejo, que reconsideres e que com o nome de Zé do Beco ou outro qualquer apareças novamente, com o seu estilo inconfundivel a dar vida e a fazer feliz os inumeros cibernautas que visitavam o teu blog.
Espero Zé, que leias estas linhas... Tenho a certeza que todos , não te querem perder.
Com um forte abraço, comovido, assina Zé do Cão J. Oli.

Zé do Cão disse...

Templo do Giraldo, tás em forma e desejo que continues a lutar por um Alentejo forte e coeso. Coeso, será dificil, a quanto a forte, quanto mais mexido melhor. É que, quando a malta entra no marasmo, os braços não se levantam e as coisas não avançam.
Faz tudo para que isso não aocnteça.
Tenho passado com regularidade e acompanhado o teu trabalho.
Um abraço

Anónimo disse...

Não há homens fora de prazo,desde que tenha ao lado uma boa artista na arte de "bem cavalgar"(ehehehheh) se juntares a isto o clik da paixão ou amor:TEMOS HOMEM!!!

ps.eu leio todos os cometarios os Templos e os mafarricos!
Um abraço;pandorabox(boa semana!!)

Lisa's mau feitio disse...

Zé do Cão!!

Mas afinal qdo vamos a esclarecimentos??

fico a aguardar!!

ando mmo curiosa!!!!!!

Beijos e boa semana!!!

Lisa

Zé do Cão disse...

Para Lisa's.
Meu mail : sargentonoactivo@yahoo.com dá-me um toque que enviar-te-ei as explicações. Depois envias também para a Óla!!!, porque tenho gosto que ela tenha conhecimento. Só que, quero que seja em of.
Trata-se duma ocorrencia quase impensável e uma coicidencia invulgar.
Bj do Zé

Zé do Cão disse...

És danada, Pandorabox. Tem toda a razão. Não é depressa é de vagar, os burros coxos e os caracois também chegam ao destino. ehehehehe..... E quando acontece que ela não é artista, vai matricular-se no conservatório e depois passa já passa a receber "oscar".
Bj

Zé do Cão disse...

Para Pandorabox:- Não resisto e conto-te esta.
Um homem velho, gasto pelo trabalho e
aparentado menos idade do que aquela que efectivamente tinha, foi ao médico e lamentou-se de dificuldades sexuais que tinha com a sua esposa.
O médico, pacientemente animou-o, deu-lhe conselhos e receitou-lhe uma caixa de "viagra".A cara do homem manteve-se inalterável e não demonstrava satisfação, pelo que o médico interrogou-o, se mais alguma coisa o preocupava, obtendo esta resposta.
Senhor Doutor, e não há ao menos um xaropezinho para eu gostar dela?
ahahahahah...........

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé do Cão
Aqui te deixo um abraço que não é de Pastor Alemão.

Templo do Giraldo disse...

Eu sei disso meu caro zé e agradeço-te pela força que me tens dado lá no meu espaço. Eu continuo a tentar alertar as pessoas para o que bom e de mau acontece na região. Tem de ser, foi com esse proposito que criei o blogue. Se lá quiseres passar, hoje ja o actualizei. Tava a ver até onde o post do skylander ia. tem de ser.

Um abrço fraterno do templo.

mjf disse...

Olá!
Vim aqui visitá-lo, para lhe dizer que hoje há bolo no meu cantinho...
Gostava que se juntasse aos meus outros amigos e fosse beliscar uma fatia .Beijos
Até já!

Zé do Cão disse...

Silencio Culpado, obrigadinha, Claro que não podia pensar nisso. Também hoje era só o que me faltava.Fruto da chuva que caiu aqui, só almocei às 7 da tarde e de qualquer maneira.
Em contra partida fiquei a saber que a minha garagem dá para iscina coberta e com medidas olimpicas.
Tive um prejuizo brutal.

Zé do Cão disse...

Templo, força muita força e não desanimes.
Gosto muita da tua cidade e qualquer dia contarei uma historia passada aí há uma data de anos. Tinha ído ver o Lusitano com o meu clube. Para fazeres uma ideia, no tempo do Patalino. Se calhar nem o viste jogar.
Mais tarde quando já não jogava, trabalhou na Siderurgia Nacional e a minha cára metade, deu-lhe assistencia até morrer.

Zé do Cão disse...

Reconhecidamente agradeço o convite para beliscar uma fatia. É sempre agradável fazer anos e eu sou dos que
me manifesto efusivamente.
Já é tarde, tive um dia extenuado, para acudir aos bens que tinha na garagem. Tive um prejuizo brutal, porque aqui no meu sitio foi um dos mais afectado do País.
De qualquer das maneiras, vou vestir o fatinho domingueiro e passarei para confraternizar.
Na minha região, faz-se um Moscatel Roxo de 1ª água que gostaria de levar. Claro que esta oferta
é virtual, mas o zé não gosta das coisas virtuais. Portanto desde que eu saiba onde possa mandar entregar
terei muito gosto em fazer-lhe chegar, para comemorar em família
essa festinha.
Já passou a data, não importa, a Páscoa está à Porta,

Bj.

Anónimo disse...

qUE AFLIÇÃO ZÉ!!!

vim aqui a correr.....QUERO saber: já está tudo mais ou menos normalizado???.....recorri aos DEUSES.....enviei daqui bons fluídos e boa energia para q tudo corra pelo melhor(esquecendo os prejuízos,ora zé,,,melhor é a saúde)----eu sei..eu sei....pimenta nuku(rsrs) dos outros refresco mas q caramba.tudo acaba,até emsmo uma garagem....peço aos Deuses q tenhas "graveto" para encheres a garagem de coisitas novinhas em folha-----a vida continua,bora.....toca a tocar outra guitarrada,,esta já foi...

Um abraço:pandorabox..........quem me dera ser-te útil,,,,

Templo do Giraldo disse...

Vamos a essa meu caro zé. Tu e alguém que eu conheço tem histórias do patalino do quim pegaxo do zé pedro bileu e outros. Nessa altura o lusitano tinha um grande conjunto e militava ai pelos escalões maiores do futebol. Um bom tema sim senhor.

Um abraço.

Zé do Cão disse...

Joia,Pandorabox, da água, do lixo, da trampa que sem ser convidada também entrou,em principio estou livre. Amanhã terá continuação e espero que acabado.
Oxalá o S. Pedro não se lembre de mandar mais, cá para baixo. E vê lá tu, que o padroeiro da minha terra é o S. Pedro. Já não há respeito pelos devotos e vá de mandar água que é de graça.
Quanto ao "graveto" se for necessário há-de arranjar-se sim senhor. Podes sim, ser útil. É apareceres sempre que desejares, atirar com um pouco de disposição, humor e ternura. O zé fica todo derretido e o "canito" abana o rabinho prá direita e prá esquerda.

Bj.

Zé do Cão disse...

Templo, vamos combinar que os temas do futebol têm de ser bem cozinhados e doseados. Não deixes nunca abandalhar o blog por causa do futebol. Há muita malta que não vê mais nada e depois é truca para aqui, truca para acolá e deixas de ter mão no que é teu e que crias-te com devoção.
Um Abraço Amigo

Templo do Giraldo disse...

Pois é meu caro e quem quiser falar sobre futebol existe esaços dedicados a esse tipo de assunto. Embora eu seja um adepto do desporto rei por enquanto não meto posts destes do meu espaço, apenas referi o ordenado que o ronaldo tinha no sporting e egora tem em manschester. Quando quiseres passa lá, sabes que tens a porta aberta e todos os teus comments são bem vindos.

Um abraço.

caditonuno disse...

só agora vi o conto, mas ainda fui a tempo, nao?

Zé do Cão disse...

Caditonuno, os bons amigos vêm sempre a tempo. Na proxima 2ª feira, será colocado um, que foi passado aí para os teus lados.
Um abração e que não venha muita chuva, porque isto cá para os meus lados foi terrivel.

Zé do Cão disse...

templo, acho que fizes-te bem em falar no assunto do Ronaldo ou de outro qualquer.
O Povo, vota nos partidos com a mesma paixão, com que vota no seu clube.
E quanto a mim devia votar no individuo fosse de que partido fosse que lhe desse mais confiança de servir melhor a sua região.
Como a malta de arreganha assim, só há uma maneira de dar a volta. Diariamente, colocar um post sobre assunto diferente. Verás que dá resultado e o barco navega que é uma beleza.

Um abraço

Templo do Giraldo disse...

Pois é meu caro zé o ultimo post que pus no blogue vem do rescaldo daquele comentario que fizes-te dos idosos, e das indeminizações. Só espero que as pessoas percebam o fundamento da questão.

um abraço.

Zé do Cão disse...

É necessário é malta embrulhar, e sentir-se interessada. Segundo a minha opinião, estás no bom camunho.
Um abração

Rei da Lã disse...

O senhor conhece uns castiços da primeira apanha!
Continue, que vai muito bem!

Zé do Cão disse...

Rei da lã, quais castiços? Os gajos são mesmo assim. Que é isso de tratares o Zé, por senhor. Se o canito soubesse ler, garanto-te que te arreganha os dentes ás canelas.
O gajo não gosta nem está acostumado a essas mordomias e nunca lhe falta uma carracita pendurada nas orelhas.
Um abraço

Anónimo disse...

E por falar no teu "canito" ...tenho uma cadelinha toda giraça(vitória),,que tal é o património do teu canito?,,,,,se for comme il faut,teremos que fazer o casório,só assim(ehehee) para tesos não vale apena,,basta a dona...ora...
um abraço:pandorabox

Olá!! disse...

Zé, obrigada...
Deixo-te um beijo grande, enorme e cheio de carinho

Zé do Cão disse...

foi-me abaixo, Olá!!......
Obrigado.........

Templo do Giraldo disse...

Tao meu caro e que tal?? tao quando actualizas a pagina?? ta tudo a andar??

um abraço fraterno

Zé do Cão disse...

Tudo bem
"Lavagem de alcatifa" é a proxima.
2ª feira

fotógrafa disse...

Passando para desejar bom fds.
Abraço

Manuel Damas disse...

Obrigado pela gargalhada que me fez soltar com o coveiro.
Um grande abraço

Templo do Giraldo disse...

Tao meu caro.. Ta tudo a andar?? ai é na segunda? cá estaremos a espera de ver o que ai vem. Tas quase aatingir a meta dos 100 comentarios,:) é obra.

Saudações fraternas.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Zé do Cão
Vim deixar-te um abraço. Felizmente não sou coveira!

Anónimo disse...

QUERO veuve cliquot,num flut,se chegar aos 100 comentários..

Não te safas...

Um abraço:pandorabox

Zé do Cão disse...

Fotografa, obrigado, é bom saber quem e que nos visita. Vj

Ao Dr. Manuel Damas, reconhecido. Os meus escritos não merecem tamanha honra.
Um abraço grande...

Para Silencio Culpado e Pandorabox
um Bej(inho) para ambas, amanhã cá estará a "Lavagem de Alcatifa".
Estou a trabalhar sobre o "Bap.tista" e pela Pascoa, haverá "Almoço Melhorado".

Manuel Damas disse...

Há desafio novo...

Manuel Damas disse...

Espero a sua colaboração activa, atenta e interessada!

Manuel Damas disse...

E pronto!
Foi uma prendinha!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
Já atingiu os 100 comentários!
Abraço!

Templo do Giraldo disse...

O damas fez o comentario numero 100...

ora que mal:) era eu que o queria ter feito mas tudo bem amigo.

Um resto de fim de semana tranquilo e animado, para ti e para todos os que por aqui passam.

um abraço.

Zé do Cão disse...

Agradeço do coração, o facto de ter feito BUM!!!
Ao Dr. Damas, só se não poder.

Para o Templo, o meu carinho pelo Blog e por essa cidade, onde também em passagens relampago tive actividade.
Talvez no futuro, também haja um conto dedicado e a meter um chocalho dos grandes e um almoço em restaurante que já não recordo. Foi à tanto tempo, mas engraçado.

Olá!! disse...

BUMMMM hehe
Vim deixar uma beijoca no Zé...

Zé do Cão disse...

Olá, amanhã há "lavagem de alcatifa" e o pessoal tem que chegar sedo, que é para fazer um trabalho perfeito.
Um bj também

Zé do Cão disse...

Para a Pandorabox
Não reparei e não te deixei resposta à pergunta do meu canito.Com que então tens uma cadelinha toda giraça, com tótós e meias até a cima do joelho como a pipi das meias altas.

Se o meu rafeiro, soubesse disso já se tinha atirado de cabeça. É que o gajo é um atrevido que nem fazes ideia.

A última vez que se envolveu numa cena amorosa, depois de estar servido, amandou uma larada mesmo em frente à porta da sua prometida
que o seu dono não gostou nada da brincadeira.

Coitado, quando a vê, bate que não bate o rabo, mas ela vai pela trela, e pelos vistos devia ter recebido recomendação especial, que nunca mais lhe ligou.

Já pensei comprar um anel de noivado, para ele ir lá submisso reconquistar o seu coração, mas temo que venho de lá corrido com um pontapé no cu.
Um Bj e amanhá sá sabes - "Lavagem de alcatifa."

JOAO MARIA disse...

sera que no clube benfica vao precisar de um bolota?
historia gira
outros e bons tempos

Zé do Cão disse...

Não sei João, mas nós estamos tão mal
que qualquer dia quem anda à bolota somos nós.

É verdade bons tempos

Um abraço

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis 20 mg costo
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis