25.2.12

Afeitando-me


Durante mais de 50 anos tive uma máquina de barbear "Phillips" que tinha pouco uso e por isso encontrava-se nova. O meu sogro, deitou-lhe a mão, fez a barba não sei quantas vezes e "pifou" por falta de limpeza.
Portanto, a partir daí não estive "virado" para comprar outra e passei a usar a velhíssima "gillet", mas mais sofisticada, visto neste momento até já existirem a trabalhar a pilhas. E é precisamente uma dessas quer ultimamente me acaricia a cara. Portanto deixei de lembrar-me da "traquineta" eléctrica. Mas um dos meus filhos, desencantou quase Duzentos euros e comprou uma,que vista pela minha óptica mais parece um aranhiço, mas que segundo ele é muitíssimo boa.
Mesmo assim, não estive tentado. Todavia, na passada segunda feira desloquei-me a Setúbal e enquanto deitava o olho direito aos fracos mascarados que passeavam na Cidade, ia utilizando o olho esquerdo para apreciar uma ou outra montra.
E, junto à Garagem da Rodoviária Nacional (antiga garagem Belos), chamou-me a atenção uma montra que pela diversidade de artigos deveria ser uma daquelas que nascem todos os dias no nosso País e onde no futuro pagaremos a factura da electricidade. No meio do monte das coisas mais diversas, vejo uma maquina de barbear, tipo banha da cobra, prateada, num estojo de plástico. Entrei, quis ver, pequei e apreciei o material. Estojo, maquina de barbear com regulador de patilhas, fio para a carregar,um outro aparelho para cortar os cabelos do nariz ( se quisermos cortar mais alguma coisa também dá), pincel para limpeza e no estojo colado pelo lado de dentro um espelho para nos ajudar a "afeitar-nos" convenientemente. O seu preço... 10,00 € . A "Chinoca" que me atendia, percebia tanto de português como eu de chinês. Demos uns grunhidos, uns sorrisos, tendo-me dito OBRIGADO no mais puro português de Macaense, quando arriei en cima do balcão aquela nota que se chama "Euros" e fruto da nossa desgraça.
Pela noite, já em casa, mostra ao meu filho o grande negócio que tinha acabado de fazer. Tento abrir o estojo e o fecho partiu-se, abro a caixa e o espelho descola-se. Aí, não resistimos e desatamos a rir à conta dos incidentes, tendo o meu filho acrescentado que aquilo deveria ser para fazer a barba àqueles bonecos de papelão, do antigamente que tinham pernas coladas e um chapéu tipo Chileno.
Quando me deitei coloquei a máquina a carregar, disposto pela manhã a arreganhar os dentes com as "bocas" que o meu filho iria fazer.
Pois é verdade, a máquina trabalhou, portou-se muito bem e quando nos encontrarmos se não estiver bem "afeitado", tenham a certeza que o defeito não é da máquina.
Isto de comprar coisas na lojas dos amarelos faz-me pensar, até quando e qual o preço futuro que as coisas nos custarão, sem é que temos futuro.

19 comentários:

Maria disse...

Zé amigo:
O Vasco Corvo, rapazinho de 32 anos, só gosta de coisas velhas.
Herdou do avô, uma velha navalha de barba e, não usa outra coisa. O raio da dita, já deve ter mais anos do que eu. Mas trabalha. De vez em quando faz-lhe um lanho, mas anda bem "afeitado". Quando se corta, usa o velho lápis hemostático, que resulta sempre.
Já vês: o que é velho, é bom!
Beijinhos
Maria

Magia da Inês disse...

É Zé, tem dessas coisas!...
O barato sempre sai caro.

Um belíssimo dia para você!
Bom fim de semana!
Beijinhos.

¸.•°`♥✿⊱╮
ღ°ºBrasil♫º

Zé do Cão disse...

Maria
Cuidado, que se o "Corvo" corta uma asa deixa de voar.
Minha querida, já vou tendo saudades.

Bejinhos e que a saúde esteja bem

Zé do Cão disse...

Magia
É verdade o barato sai caro.
Acho que me quis divertir . É giro e afinal a coisa é boa.

Beijinhos

Pascoalita disse...

ahahahahahahah hoje foi óptimo ler-te! Fizeste-me soltar umas gargalhadas que estavam emperradas, devido à triste notícia de que te falei.

Os chinocas são cá uns inventores ahahah

Estou semprfe a dizer que vou desistir de entrar nas suas lojas, mas é claro que dado o facto de estas cre4scerem na cidade mais rápido que cogumelos nos pinhais, não vou cumprir a promessqa que constantemente faço a mim própria ahahah

Uma grande parte dos "tarecos" que teimosamente lá vou comprando, são de péssima qualidade e utilidade quase nula, mas vou insistindo e eles agradecem ahahah

Mas olha que tenho um "lelógio" comprado numa loja na rua Conde de Recondo, há mais de 2 anos, e tal como a chinoca me disse, "tlablala" bem ahahah

Bom resto de Sábado


jinhos


O meu hortelão também se vai "afeitando" com máquina eléctrica. A primeira que teve, sempre BRAUN", fui eu que lha ofereci, ainda na condiçºão de namorada, já lá vai uma eternidade. e durou mais de 20 anos! Depois disso, já comprou duas, pois como tu bem dizes, já nada tem a qualidade de antes.

Há uns anos atrás comprei uma, também, Braun, para o meu filho, mas não gostou e ambos prfeferem gilletes (descartáveis ou não).

diabinha disse...

Cuidado com o apetrecho extra!


Ai Zé do canito
tem muito cuidado
não cortes pelito
em sítio errado

Nada de brincar
com a geringonça
"banha de cobra"
é perigo pra onça"

ihihihihih


dentadinhas

Diabinha Cusca disse...

Cuidado com o apetrecho extra!


Ai Zé do canito
tem muito cuidado
não cortes pelito
em sítio errado

Nada de brincar
com a geringonça
"banha de cobra"
é perigoso pra onça"

ihihihihih


dentadinhas

Mariazita disse...

Olá, Zé, amigo meu
Não sei o que será o dia de amanhã... mas para já evito o máximo fazer compras nessas lojas.
Mas conheço muitas pessoas que fazem lá compras, e às vezes até têm sorte... :)))))))))))
Oxalá continues a 'afeitar-te' sem problemas com essa engenhoca, mas se conseguires "por-te bonito" duas ou três vezes, os 10 euritos já estão ganhos :)))

Bom domingo. BeijOOOcas

Kim disse...

Oh Zé, corta mesmo tudo? E tu dePILAs-te? Então, cuidado!
Quem te manda a ti sapateiro tocar tão mal rabecão?
Grande abraço amigo

São disse...

Cuidado com os afeitamentos, amigo, cuidado, rrssss

Nos chinesinhos não podemos confiar grande coisa: além de estarem a comprar tudo estão a erguer um monumental exército!

Bons sonhos, meu bem

Zé do Cão disse...

Pascoalita
Mas o certo é que aquilo corta mesma.
É de plástico, faz barulho que se farta, mas o seu preço 10 € 3 em um é uma especialidade.
Não experimentei ainda o corta pelos do nariz, mas a fazer fé no que já usei, deve arrancar uns bocados à pele.
biquinhos

Zé do Cão disse...

Dabinhas

Tu és mesmo o diabo. Será influencia do Carnaval?
Olha que os "chinocas" vendem também aqueles lápis que põem os olhos em bico

biquinhos

Zé do Cão disse...

Mariazita

vê só que aqui há tempos comprei um mata moscas electrico, coisa que só os "chinocas" se lembraram de inventar. Fiquei todo contente, porque é bicho que está proibido de entrar no meu cortiço. Raramente alguma foge ao controle, mas nesse caso, tumba ataco-a e até cheira a "torriscado" . A "Dona" proibiu-me de usar a aparato. Levei-o para o Algarve e o que foi certo é que quando almoçava no quintal com o cheiro do peixe assado, apareceram abelhas. Preparei a "raket" e num tempo recorde "torrisqueias" todas.

Beijos

Zé do Cão disse...

Kim

Como era Carnaval, e lembrando-me dos meus tempos de folião, entendi que também tinha direito a divertir-me .
Eles também lá têm umas canas de pesca. já com peixe e tudo, são é de plástico.

abraço

Zé do Cão disse...

Saozinha

É verdade amiga,.
Eles em vez de armas usam a diplomacia só de um lado.
E pelo sim pelo não, as armas são uma grande força para imposições.

Beijo

Parisiense disse...

Zé,
Deixas-me curiosa.....então fizeste só a barba ou alinhavas-te a tua maquineta em mais alguma coisa?????
Cuidade....olha que os amarelos tem coisas muito boas....mas outras há que não valem o preço (pelo seu tamanho, né)...eheheheheh

Beijinhos

Zé do Cão disse...

Parisiense

Pois é. Pequena e Amarela.
Divirto-me com pouca coisa. Mas sinceramente, por 10 € já tenho uma !sirigonga!.

Beijokitas, amiga

elvira carvalho disse...

Para reerguer o pais deveriamos só comprar português. O problema é que a gente ganha pouco. Daí que eu vá muitas vezes ao chinês. As coisas deles não teem grande qualidade, é verdade. Pelo menos algumas. O pior é que às vezes vamos comprar noutras lojas bem mais caro e depois quando vamos ver a origem lá está Made in china.
Um abraço e uma boa semana

elvira carvalho disse...

Vim deixar um abraço e votos de um feliz dia.