20.3.11

O Internamento


O Zé nunca esteve doente, o Zé poucas vezes foi atacado por uma pequena tosse e o Zé que tem médicos por perto, gosta de falar com eles, qualquer assunto desde que não seja sobre doenças.
Todavia, o Zé já esteve internado seis dias no Hospital de Santa Maria em Lisboa e com perspectivas de necessitar de uma operação que a efectuar-se seria de urgência.
Por volta dos anos 60, o homem saudável que sempre tinha sido, sentiu uma dor acima virilha esquerda e não ligou ao assunto. Pior do que a cantiga do Fernando Nascimento "Ela não voltou" do primeiro festival da canção exibido pela televisão portuguesa.
Mas aquela dor repetia, era aguda e recorri ao Prof Dr. Carlos Ribeiro, conhecido cardiologista que chegou a ser bastonário da Ordem dos Médicos, e era seu vizinho.
Diagnosticou os malefícios do apêndice e portanto era necessário retirar o referido.
No outro dia deu entrada numa das enfermarias do Hospital Escolar da nossa Capital e já acima referido. Pedia a todos os Santos, aos Médicos e sabe lá a quem mais para diligenciarem um tratamento em vez de corte por bisturi.
Naquela época ser vizinho e conhecido de tão ilustre Médico era uma dádiva de Deus e Deus colaborou com o Zé, já que,só lhe faltava a auréola para ser Santo. E portanto a equipa médica daquele serviço, mandou iniciar um tratamento.
E assim, de manhã e à noite, o Zé apanhava nas "bochechas do Traseiro" injecções. Os dias iam passando, a sua saúde de ferro estava a recompor-se e ao quinto dia, quando a enfermeira fazendo a sua rotina entra na enfermaria para distribuir os tratamentos pelos internados, aproxima-se do Zé, que fazendo já tudo em automatismo destapa o "sim senhor" colocando-o bem a jeito da profissional de saúde. Esta sorri e disse assim, "Estranha maneira de tomar comprimidos". As injecções tinham terminado na véspera e foram substituídas por comprimidos. Como nunca me faltou boa disposição, dei uma sonora gargalhada.
Depois foi só esperar pelos resultados de análises e o Zé saiu pelo seu próprio pé e ainda hoje sou portador do apêndice que se encontra desde aquela data quietinho e a dormir sossegado, não tendo nunca mais dado qualquer sinal de se sentir incomodado.

34 comentários:

São disse...

rrrsss

É bom contar com a tua boa disposição, meu querido Amigo...e ainda melhor saber que continuas inteirinho.

Um abraço bem grande.

Mariazita disse...

Zé, meu querido amigo, confessa: tu estavas já viciado em mostrar o rabiosque :))))))))))))))))))))
Engraçadíssima esta façanha, como todas, é claro!

E porque hoje é Dia do Blogueiro,(dizem...) desejo-te um feliz Dia e óptima semana.
Beijinhos

Pascoalita disse...

eheheheh não sei se tens mais ou menos sorte do que eu, mas confesso que já substituí algumas peças ahahah

E experiências dessas são valiosas, qto mais não seja para valorizarmos o bem que temos: a SAÚDE! E a tua, pelo que se percebe, tem sido de ferro.

Continua assim, a transbordar de bom humor ...

Bom Domingo

jinhos

efernandes disse...

oh meu Amigo...Andava a tomar e não dizias nada!?
Fora de brincadeiras, estás bem ou não?
Abraço
ef

Zé do Cão disse...

São.

Estou em baixo. com uma forte constipação, que me não larga de maneira nenhuma.
Vê lá tu, que até já pensei em ir à minha Médica de Família.

o meu forte abraço

Zé do Cão disse...

Mariazita
A Gente habitua-se, perde a vergonha e... Bem a vergonha está na cara, não está no traseiro.
Hoje foi o dia do Blogueiro? A seguir ao dia do "Carpinteiro"?


Beijos, amiga

Zé do Cão disse...

Pascoalita

Substituis-te peças? no Pópó? Eu ainda tenho todas as originais. Algumas já estão cansadas, velhas, TORTAS. Mas as de Azeitão, são doces e gostosas.
Mil biquinhos

Zé do Cão disse...

Meu caro Egídio. Passei por lá, quis comentar, mas coisa é só para os amigos.
A luta continua, mas o resultado vê-se na Lua.

O meu forte abraço

Je Vois la Vie en Vert disse...

Amigo Zé,

Mas porque querias guardar esse apêndice ???
Sorte tua não ter sido nem doente nem cortado ! O meu corpo está cheio de cortes, por isso será fácil reconhecê-lo se um dia for preciso...mas espero bem que não !

Beijinhos
Verdinha

Zé do Cão disse...

Longe da porta essa operação.
A Manta que eu pintei nessa semana, naqueles serviços. O Diabo à solta em pessoa. E estava doente (?), fará se não estivesse.

Beijinhos, amiguinha

Parisiense disse...

Não queria estar no lugar da enfermeira....:)

Mas só espero que o Zé não tenha de voltar ao Sta Maria....

Beijokitas

Zé do Cão disse...

Por sinal a enfermeira era um borrachinho. Naquela altura, é claro. Agora, presumivelmente será gordo e já está reformada.
Quanto ao Santa Maria, só por acidente. Será mais provável o Alto de S. João, sempre tem uma vista melhor para o Tejo, de onde se avista o lugar onde nasci.
Jokitas

Pascoalita disse...

Pensqando melhor, acho que fizeste ronha só para teres direito a uns dias de repouso com cama e mesa (e roupa lavada eheheh)

Maria disse...


Tiveste sorte.
Então querias tomar os comprimidos no traseiro?
Há coisas piores. Até há pessoas que comem os supositórios!!! É bastante mais grave.
Ri-me bastante da tua história.
Beijinho
Maria

Magia da Inês disse...

Olá, amigo!
Agora descobri o motivo do seu sumiço... estivestes doente e internado... deves ter dado um trabalho danado para tomar as injeções.
Muita saúde!!!
Boa semana!
Beijinhos.
♫♫.•*¨*•♫♫¸
ღ°ºBrasil♫º
♥º

Zé do Cão disse...

Pascoalita

Não, quando fui estava mesmo à rasca. Como a juventude e a velhada actual. Depois, pus aquela enfermaria em alvoraço

biquinhos

Zé do Cão disse...

Maria
Há azares que dão em sorte. Foi uma experiência engraçada. Ao menos posso dizer que estive internado ou entornado. bjs.

Zé do Cão disse...

Magia

Estou a recompor-me. não foi nada mais do que uma constipação tipo A.
Já vou sair da toca.
bjs

Laura disse...

Tenho dado pela tua falta, vim cá e pronto, pronto, já me ri..ai não gostas de hospital e de férias? eu tive-as em Coimbra e que bem me souberam, até me lembrei que prometeste ir visitar-me mas uma certa nina botou tudo abaixo com o tempo ehhhhhhh.

Beijinhos e melhora logo mas o tempo está para as constipações, anda meio mundo assim, eu até me fui abaixo.

um xi apertadinho da laura

Zé do Cão disse...

Laura
boa amiga, tenho de me penitenciar da falta a Coimbra.

Jinhos

Céu Arder disse...


Caro Zé

Eu sempre soube que "apêndice dava o que falar", não o que escrever. Por isso, adorei a propriedade com que contas essa tua desventura há tantos anos passada...

E o rabicho continua lá no lugar, quietinho e agradecido... *rs*

São disse...

ESpero que já tenhas conseguido espantar essa tonta da constipação


Um abraço grande, amigo meu

Kim disse...

O que tu querias era umas ganzas à borla. Eu disse ganzas, não gajas, que disso eras incapaz, até porque não és um homem de maus figados, aliás apêndices.
Não fora o teres saído do hospital pelo teu pé e eu hoje assim não falaria.
Grande abraço amigo

Mariazita disse...

Bom dia, Zé
Que pena que a tal história semelhante à que contei seja imprópria para consumo:)))
Nem limando-lhe as arestas???
A verdade é que tens muitas "contáveis" para nos entreteres e distraíres...

Continuação de boa semana. Beijinhos

Magia da Inês disse...

°º♫♫
Olá, amigo!
✿ܓܓ♫♫
Estamos aguardando nova história... de preferência, bem engraçada!
Bom fim de semana!
Beijinhos.
♫♫.•*¨*•♫♫¸
°•Brasil♥°
°°•✿♫°.•

Zé do Cão disse...

Ceu Arder

Tenho a certeza que nesta altura já não seria operado.
Já não valia e pena.

Beijos

Zé do Cão disse...

Kim
O que eu queria e ficar quietinho e não ser operado.
Tenho medo de bater a sola.

Abraço

Zé do Cão disse...

São
Parece que já se foi de vez.

Estou desanimado com tudo que nos acontece, mas sem as forças dos homens da luta.

abraço

Zé do Cão disse...

Mariazita



A coisa está preta e não me parece que melhor.

A vida é tão bela, e bastam meia duzia para dar cabo dela.

bjs

Zé do Cão disse...

Magia


Boa amiga, nem vontade tenho de pensar no passado, o presente está bem cheio de historias...que nos entristece.

bjs

Teté disse...

Pois, tal como o Zé, conversas sobre doenças também passo. Aliás, até séries televisivas sobre o tema dão logo para mudar de canal. Já basta quando temos de ir ao hospital, por causa própria ou alheia, para ainda prolongarmos esses assuntos até à exaustão, a maior parte das vezes sem conhecimento de causa. Os médicos lá saberão, não é para leigos falar sobre isso...

Também tenho muito amor a todas as partes do meu corpinho, prefiro que o bisturi fique longe delas. E também tenho tido sorte, que à excepção de alguns dentes que já "marcharam" tudo o resto ainda está no sítio! :)))

Haja saúde, Zézito, para todos nós!

ps - e para não virarmos o rabiosque em vão a uma enfermeira, eheheh! :D

Zé do Cão disse...

Teté


Como sabes não sou médico, mas tenho-os em casa.

E oiço cada história... umas tristes outras engraçadas, e algumas insólitas, mesmo muito insólitas.Quanto ao mostrar o rabiosque à enfermeiras, faz-me lembrar o postal e Vilhena.
O Amigo Zé do cão
Senhor de boas maneiras
toma atitudes bizarras
em frente das enfermeiras

Jinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

O Zé é um resistente. Vê-se bem quando para ele se olha.E viva o apêndice que não foi embora.
Um abraço

Zé do Cão disse...

Silencio
só ao fim de um mês respondo.
desculpa-me